COMO SABER SE É PRECISO?

TERAPIA SISTÊMICA FAMÍLIA COM CRIANÇA

É fundamental na terapia familiar com crianças o envolvimento dos pais como colaboradores ativos no processo. É preciso, através dos pais e da criança, resgatar a história da família: quais os ganhos, perdas, apreensões, medos e aborrecimentos, sentimentos, ações e narrativas do problema, que favorecem ou dificultam a busca por alternativas.

O que se busca com os pais, portanto, é o mesmo que se procura alcançar com a criança: a resignificação do problema e a construção de novas possibilidades de configuração familiar, mudando assim a situação que produz e mantém tensão, desconforto e sofrimento.

É possível que terapeuta e família difiram quanto aos objetivos da terapia. O  terapeuta, ao atender um pedido de ajuda, procurará ampliar as alternativas do sistema, desafiando as regras estabelecidas, ao mesmo tempo em que ataca o equilíbrio familiar não adaptativo. Esse profissional promove crises nesse núcleo e leva ao desenvolvimento de outra organização, que funcione melhor. As tarefas do terapeuta são: avaliar a família e desenvolver objetivos terapêuticos, sendo o alvo de suas intervenções a família como um todo.

Problemas com:

  • Medo
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Socialização
  • Dificuldade de aprendizado
  • Separação dos pais
  • Abuso

Quer saber mais?
Deixe seu contato aqui!